Mais uma parte que a gente ama escolher no casamento: o sapato! Parece fácil escolher, mas pra quem pensou minimamente no vestido não vale escolher um sapato qualquer.

Branco, colorido, aberto, fechado, alto, baixo. Qual escolher? Pra te ajudar nessa busca, perguntamos ao “sapateiro” queridinho das noivas Daniel Valadares por onde começar.

1. Quando a gente deve escolher o sapato? Antes, durante ou depois da escolha do vestido?

O ideal é a noiva escolher o vestido primeiro, pois assim sabemos exatamente quais os detalhes dele: qual a cor, se é bordado com aplicações de renda, pérolas, cristais ou se o modelo é mais simples. É importante saber também se a noiva, em algum momento, vai usar um vestido curto e qual será o tipo de piso da cerimônia e da festa.

2. O que determina se ele deve ser aberto ou fechado?

O clima da cidade influência bastante se o sapato será fechado ou não. Se a cerimônia for no inverno, em uma cidade onde a temperatura fica em torno de 15 graus, provavelmente a noiva usará um modelo fechado. Se for no verão, ao ar livre, ela pode usar um modelo com transparência e aberto. Claro, isso varia de acordo com o gosto da noiva, o horário da cerimônia e o modelo do vestido.

3. Tanto faz salto alto, médio ou baixo?

A altura do salto depende muito da altura dos noivos. Não fica elegante a noiva estar 15 centímetros maior que o noivo, mas também não é proibido a noiva estar um pouquinho maior do que ele. Geralmente, aconselho um salto 8 ou 10, pois essas duas alturas acompanhadas de uma plataforma dão muito conforto. Com essa altura, a noiva fica com postura e inclinação da coluna bem ereta. Assim ela anda sempre elegante.

4. E a cor? Tem alguma regra para usar sapato colorido ou fica a critério da noiva?

Existe uma regra básica sim! Para vestidos off white, geralmente aconselho um sapato na mesma cor do vestido. Mas se o vestido for em tom mais escuro, o sapato off white pode dar a impressão de estar sujo. Se for uma cor mais clara, esse tom de sapato chama muita atenção para ele e não para o vestido. A intenção é que o sapato acompanhe o vestido, criando harmonia.

Já com vestidos brancos, a noivinha pode usar qualquer cor de sapato. Ela pode ousar nessa hora! Beringela, azul royal, nude, verde, tons pastéis: ela pode escolher à vontade.

5. Qual a qualidade mais importante que a noiva deve procurar quando estiver escolhendo sapatos?

Conforto! Costumo dizer que é o dia mais importante da vida dela e que ela tem que caminhar com elegância e estar confortável.

6. Pode trocar por um chinelinho ou sapatilha no meio da festa ou noiva nunca deve descer do salto?

A noiva nunca deve descer do salto! O chinelinho ou sapatilha são para os convidados. Não fica nada elegante pois o vestido foi feito sob medida, na altura do salto que ela escolheu. Se ela usar um chinelo, provavelmente vai arrastar o vestido por todo o salão.

7. Com quanto tempo de antecedência a noiva deve procurar você para fazer um sapato personalizado? 

De 6 a 3 meses é um prazo bom. Assim podemos montar um modelo exclusivo e, depois de pronto, ela experimenta com o vestido e verifica se quer customizar mais algum detalhe (como aplicar pérolas ou cristais). O importante de se confeccionar o sapato antes é fazer com que ele fique com a forma do pé da noiva (“laceado”). Sendo assim, no dia D, ele vai dar todo o conforto que ela necessita.

As noivas que quiserem tirar dúvidas ou montar seu sapato podem entrar em contato com o Daniel pelo whatssapp (61)9304-1529 ou ver mais sapatos dele no Instagram @dlestevaladares. Ah, ele envia para todo o Brasil, viu?

Fotos: Tainá Frota – Chá das Duas